Artigos Jurídicos

TSE investigará se atos do 7 de setembro foram financiados

Luís Felipe Salomão também decidiu apurar se os atos configuraram propaganda eleitoral antecipada.
O corregedor-Geral da Justiça eleitoral, ministro Luís Felipe Salomão, decidiu que o TSE irá investigar se nos atos de 7 de setembro houve financiamento e, em caso positivo, quem foram os financiadores. O ministro também decidiu apurar se os atos configuraram propaganda eleitoral antecipada.

O ministro incluiu a apuração em um inquérito que tramita no TSE e visa investigar se houve pagamento de transporte e diárias para manifestantes.

No dia que foi comemorada a independência do Brasil, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro avançaram sobre a Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O presidente também participou dos atos e mirou o STF com ameaça golpista em discurso feito diante aos apoiadores. Bolsonaro chegou a dizer que “ou o chefe desse Poder enquadra o seu [ministro], ou esse Poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”.

Em defesa da Corte, ministro Luiz Fux falou sobre crime de responsabilidade em relação ao “chefe de qualquer dos Poderes” que despreza decisões judiciais: “além de representar um atentado à democracia, configura crime de responsabilidade a ser analisado pelo Congresso Nacional”.

Fonte:www.migalhas.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo