Notícias do Mundo Jurídico

Fux pede que novo ministro seja anunciado após saída de Marco Aurélio

A aposentadoria compulsória do decano da Suprema Corte está marcada para o dia 5 de julho.
O presidente Jair Bolsonaro e o presidente do STF, Luiz Fux, se reuniram na tarde desta terça-feira, 8, no gabinete da presidência do STF, em Brasília. Segundo a assessoria da Corte, Fux pediu a Bolsonaro que, “por cortesia”, aguarde a aposentadoria do ministro Marco Aurélio antes de indicar o seu substituto.

A aposentadoria compulsória do decano do Supremo ocorrerá no início de julho. A indicação para a vaga cabe ao presidente da República e precisa ser aprovada pelo Senado Federal, após uma sabatina.

O encontro não constava na agenda de ambos. Segundo a presidência do STF, após falarem por telefone, eles combinaram a visita, por isso, ela não foi incluída nas agendas oficiais. A reunião durou cerca de 20 minutos.

Fonte: www.migalhas.com.br

Exibir Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você está na versão offline