Notícias do Mundo Jurídico

Homem de 82 anos que teve domiciliar negada é intubado com covid

O empresário contraiu a doença poucos dias após ter seu HC negado pela 6ª turma do STJ.
Poucos dias após ter seu pedido de prisão domiciliar negado pela 6ª turma do STJ, um empresário de 82 anos com diversas comorbidades contraiu a covid-19 e foi intubado. O paciente foi preso no âmbito da operação Ormetá, acusado de chefiar uma organização criminosa.

O empresário contraiu a doença na penitenciária Federal de Mossoró/RN e foi levado para uma unidade de saúde pública da região. Posteriormente, devido à falta de leitos, precisou ser transferido para um hospital particular, onde encontra-se intubado.

A defesa do paciente, patrocinada pelo advogado Tiago Bunning Mendes, protocolou no STJ um pedido de tutela provisória para concessão de medida liminar autorizando a prisão domiciliar ou internação em um hospital de referência no tratamento da covid-19. O pedido ainda não foi analisado.

À imprensa, o advogado disse que: “o Estado pode tirar a liberdade de um sujeito, mas não pode tirar a dignidade e a vida de qualquer pessoa. Disseram que (…) não estava debilitado. Disseram que a Penitenciária tinha condição de atender suas comorbidades. Disseram que não havia covid-19 no presídio de Mossoró. Alguns, inclusive disseram que (…) estaria mais protegido (isolado) no presídio do que em sua residência. Eu sempre discordei. O que está acontecendo é uma tragédia anunciada que tento evitar há 15 meses. Lutei incansavelmente usando todas as medidas jurídicas cabíveis para que isso não acontecesse”.

Processo: HC 635.472

Fonte: www.migalhas.com.br

Exibir Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você está na versão offline