Notícias do Mundo Jurídico

“Receber e dar quitação”: Autora leva bronca por inverter palavras

Após o equívoco, servidora da JT/SP pediu que autora regularizasse sua representação processual.
A ordem dos fatores altera o produto? Para uma servidora da 33ª vara do Trabalho de SP, sim. A funcionária em questão, em uma ação trabalhista, pediu que a autora regularizasse sua representação processual, eis que a procuração acostada ao processo possui poderes para “dar e receber quitação” e não “receber e dar quitação”, que é o correto, nos exatos termos do CPC.

Fonte: www.migalhas.com.br

Exibir Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você está na versão offline