Notícias do Mundo Jurídico

TJRJ lança o Balcão Virtual para atendimento por videoconferência em todos os cartórios

A partir desta quarta-feira (7/4), os advogados, membros do Ministério Público, da Defensoria Pública e procuradores passarão a ter acesso ao Balcão Virtual, plataforma por videoconferência que vai permitir às partes envolvidas no processo o imediato contato com o setor de atendimento de cada unidade judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. A nova ferramenta foi implementada através do Ato Normativo Conjunto nº 5/2021, assinado pelo presidente do TJRJ, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo.

Publicado na edição desta terça-feira (5/4) do Diário da Justiça Eletrônico, o Ato Normativo Conjunto segue a determinação da Resolução nº 372/2021, do Conselho Nacional de Justiça, que regulamentou a criação da nova plataforma de videoconferência em todos os tribunais do país.

O Balcão Virtual é uma das ações do ‘Programa Justiça 4.0 – Inovação e efetividade na realização da Justiça para todos’, do Conselho Nacional de Justiça. No TJRJ a plataforma funcionará durante o horário de atendimento ao público e os interessados poderão recorrer ao atendimento por videoconferência utilizando a plataforma Teams, a ser acessada por meio do link específico para cada serventia, disponibilizado no portal do TJRJ.

O atendimento dos cartórios em relação aos processos físicos se limitará às informações acerca do andamento processual e de eventuais pendências cartorárias. O Balcão Virtual não permitirá a exibição de qualquer peça dos autos.

Já em relação a processos que tramitam em segredo de justiça, ao acessar a plataforma, os advogados ou a parte deverão apresentar o documento original com foto assim que ingressar na reunião, comprovando a sua habilitação para ter acesso aos autos. Os registros de toda a movimentação durante o atendimento e consulta processual serão gravados automaticamente.

Confira, abaixo, a íntegra do Ato Normativo Conjunto TJ/CGJ.

ATO NORMATIVO CONJUNTO TJ/ CGJ nº 05/ 2021

Dispõe sobre a implementação do Balcão Virtual determinada pela Resolução nº 372/2021 do Conselho Nacional de Justiça.

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, Desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, e o CORREGEDOR GERAL DA JUSTIÇA, Desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, no uso de suas atribuições legais;

CONSIDERANDO a Resolução nº 372/2021 do Conselho Nacional de Justiça, que regulamenta a criação da plataforma de videoconferência denominada “Balcão Virtual”;

CONSIDERANDO que ainda não houve restabelecimento integral das atividades presenciais, nos termos do Ato Normativo Conjunto nº 25/2020;

CONSIDERANDO que os advogados têm acesso aos processos eletrônicos pela internet;

CONSIDERANDO as particularidades no atendimento à distância em relação aos processos físicos;

CONSIDERANDO que o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro já mantém canal de comunicação direto e atendimento com as serventias por e-mail de cada juízo;

CONSIDERANDO que os telefones e e-mails de cada serventia já estão informados no site do Tribunal de Justiça.

RESOLVEM:

Artigo 1º – Instituir e implementar a plataforma de videoconferência denominada “Balcão Virtual”, a partir de 07 de abril de 2021, no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Artigo 2º – O Balcão Virtual funcionará durante o horário de atendimento ao público.

Artigo 3º – Os advogados, membros do Ministério Público, da Defensoria Pública e Procuradores terão acesso ao atendimento por videoconferência por meio da plataforma Teams, a ser acessada por meio do link específico para cada serventia, disponibilizado no portal do Tribunal de Justiça.

Artigo 4º – Cada serventia organizará o rodízio de servidores destinados ao atendimento virtual.

Artigo 5º – O atendimento cartorário em relação aos processos físicos se limitará às informações acerca do andamento processual e de eventuais pendências cartorárias, sendo vedada a exibição de qualquer peça dos autos.

Artigo 6º – Para atendimento de processos que tramitam em segredo de justiça, os advogados ou a parte deverão apresentar o documento original com foto assim que ingressar na reunião, comprovando a sua habilitação para ter acesso aos autos, ficando desde já ciente de que tais atendimentos serão gravados.

Artigo 7º – Os casos omissos serão resolvidos pela Presidência deste Tribunal.

Artigo 8º – Essa Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Fonte: www.oabrj.org.br

Exibir Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você está na versão offline