STJ

STJ julga responsabilidade de corretor em atraso na entrega de imóvel

2ª seção afetou dois recursos especiais ao rito dos recursos repetitivos e decidiu não suspender os processos pendentes sobre o tema.

O STJ vai definir os limites da responsabilidade do corretor de imóveis ou da sociedade intermediadora da compra e venda por danos causados ao consumidor, em razão do descumprimento, pela construtora/incorporadora, de obrigação relativa à entrega de empreendimento imobiliário, prevista no contrato de promessa de compra e venda.

A 2ª seção afetou dois recursos especiais ao rito dos recursos repetitivos e decidiu não suspender os processos pendentes sobre o tema.

A controvérsia está cadastrada sob o Tema 1.173.

Qual a responsabilidade do corretor no descumprimento contratual da incorporadora? STJ define. (Imagem: Freepik)
Qual a responsabilidade do corretor no descumprimento contratual da incorporadora? STJ define. (Imagem: Freepik)

Em um dos casos afetados, a corretora imobiliária acionou o STJ alegando que não há solidariedade com o incorporador, pois é apenas corretora e intermediária mobiliária e não integrou a promessa de compra e venda nem recebeu qualquer valor a título de amortização do saldo.

A corretora ressalta ainda que não há restituição de corretagem na hipótese de rescisão contratual, pois o corretor não é responsável pela execução do negócio, e que há prova da efetiva informação do valor e dever de pagamento da corretagem, como a planilha de cálculos e declaração de serviços integralmente prestados.

O escritório Osorio e Maya Ferreira Advogados atua em um dos casos como representante da corretora imobiliária.

  • Processos: REsp 2.008.542 e REsp 2.008.545

Fonte: migalhas.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo